logo

Ensina-me a PARAR!

logo

Ouvi uma expressão que dizia: ensina-me a parar! E por algum motivo que Deus sabe qual é, essa expressão tocou fundo meu coração, mexendo em todas as estruturas e me mostrando claramente que eu devo e preciso saber e praticar isso, aprender a parar!

 

Temos um dia tão corrido, cada um com suas obrigações, e muitas vezes somos sufocados por tantos compromissos. O que o diabo mais deseja é nos manter ocupados. Fazer com que o nosso dia seja todo dedicado a nossa vida pessoal, profissional e por várias outras coisas. E enquanto essas coisas nos mantém ocupados,  sem perceber, nos mantemos também longe de Deus. Quando digo que estamos longe, é com a mente. Porque eu sei que não dá pra ficarmos orando de hora em hora, por exemplo, ou de nos separarmos para um Jejum na hora do trabalho, mas se a mente estiver em Cristo já é um ótimo passo.

Paulo disse: Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas. Col 3:2.

E muitas vezes até temos a atitude ou o hábito de orarmos no decorrer do dia, mas a cabeça esta longe pensando em outras coisas. Então, o que quero dizer é que não é a prática em si que te levará a parar na presença do Senhor e sim a verdade e a sinceridade com que você faz isso. E hoje fui desafiada a aprender a parar. Aprender a beber e a comer o que verdadeiramente alimenta! Jesus disse: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra”. João 4:34. E a verdade é que de alguma coisa todo mundo está cheio. Alguma coisa você e eu comemos. E a pergunta que eu te encorajo a fazer agora é o que você está comendo e bebendo? Será que o fato de não pararmos na presença do Senhor já não é uma prova do tipo de comida que estamos nos alimentando?

Parar deve ser um estilo de vida. Quando paramos na presença do Senhor, comemos e bebemos dele, então recarregamos a bateria, organizamos nossos pensamentos, priorizamos coisas que realmente são importantes e que possuem efeitos eternos em nossa vida.

 

Parar na presença do Senhor significa deixar você em segundo plano, e colocar Deus no seu devido lugar, no Trono, no Centro, Reinando sobre as nossas vidas.

E quando parar se torna um estilo de vida, então esta vida muda de estilo. Entra em equilíbrio, se torna proveitosa, leve e com direção. Muitas coisas ruins que acontecem hoje em nossas vidas são frutos de prioridades erradas que nós fizemos um dia.

 

Quando paramos na presença do Senhor, temos a nossa vontade aliada com a de Deus. Temos motivações eternas, verdadeiras e que agradam a Deus, e assim conseqüentemente, teremos atitudes que nos conduzirão a uma vida santa.

 

Parar na presença do Senhor, é andar no espírito e ter vitória na guerra contra a carne. É ter discernimento da vontade de Deus para as nossas vidas. É combater o bom combate, é se posicionar como um filho de Deus em uma terra onde somos peregrinos. É seguir o exemplo de Maria e parar a nossa vida por um momento e escolhermos a boa parte, parte esta que não nos será tirada.

 

Então queridos, como podemos ver, aprender a PARAR na presença do Senhor só trará bênçãos para as nossas vidas, estreitará nosso relacionamento com o Pai e fará com que andemos de acordo com a sua vontade.

 

Que o Espírito Santo nos ensine a parar em Sua Presença todos os dias de nossas vidas.

 

Com amor,

 

Natália.

2 comentários para “Ensina-me a PARAR!”

  1. Lauren Cristhine disse:

    Parar!

    Palavrinha difícil de existir no cotidiano de milhões e milhares de pessoas …
    Se PARAR já é difícil, quanto mais PARAR NA PRESENÇA DE DEUS … Infelizmente!
    Muitos buscam tempo e não encontram, outros tem esse tempo e não sabem como aproveitá-lo … A verdade é, que quando há uma dependência de algo, do qual sua vida TODA depende, você então, passa a priorizar isso antes de qualquer compromisso ou pessoa, por mais importante que seja, você entende que SUA VIDA DEPENDE daquilo! PARAR na presença de Deus é um desafio que devemos nos submeter todos os dias … afinal, a dependência de Deus deve ser DIÁRIA !!!!!
    Como vc disse Naty, “O que o diabo mais deseja é nos manter ocupados.” E CONCERTEZA NÃO É COM AS COISAS DE DEUS …

    Ameii o texto … me edificou demais, como sempreee :D !!!!!!!
    Te amoooooo d+! beiiiiiiiiiiiiiijo na mão rs

  2. Cintia Candeias disse:

    É realmente precisei parar e reconheci que tenho que voltar a pratica das primeiras obras, pois sem O Senhor eu não sou nada. O jejum de Daniel veio na hora certa.

Deixe um Comentário

logo
logo