logo

Que Ele cresça!

logo

Caminho da humildadeJá faz muito tempo que temos visto uma busca desenfreada por popularidade, fama e sucesso. Me lembro que na escola sempre tinha aquele grupinho das meninas populares e que muita gente queria fazer parte a todo custo. E são muitas as histórias de pessoas que já fizeram absurdos para alcançar a fama. Numa época onde o sucesso é tão raso e passageiro, de celebridades que aparecem e somem num piscar de olhos, falar sobre humildade é muito fora da realidade atual. E é exatamente por isso que a bíblia é tão indispensável para aqueles que a tem como verdade sagrada. Ela nos resgata de toda essa realidade destruidora que estamos presenciando e nos dá uma outra perspectiva para ser vivida. Digo isso porque, lendo João 3:30, me deparo com João Batista, sua popularidade e seu amor por Cristo. Ele certamente era um líder popular, batizava as pessoas e tinha até seguidores. Acredito que a chegada de Jesus tenha mudado um pouco este cenário. Alguns discípulos de João já haviam deixado de segui-lo para seguir o mestre, mas nada disso mudou o propósito dele. Diante desta transição, ele declara em João 3:30: É necessário que ele cresça e que eu diminua. Que incrível! Que prova de que João não era motivado pela popularidade e sim por amar o Senhor. Quando leio isso percebo que João Batista reconhecia o senhorio de Cristo e abraçava a sua submissão. Ele sabia quem Deus era, e qual era a sua missão. Quanto mais perto de Deus a pessoa estiver mais ela saberá quem é o Senhor e se enxergará como realmente é diante do Pai. E entender e viver esse “diminuir” não é para pessoas pequenas. Só os que estão alicerçados em algo Maior, conseguem abrir mão de um lugar destacado ou de uma honra merecida para concedê-la a outra pessoa. A grandeza encontrada em João Batista não vem dele. Porque a natureza humana nos condiciona a buscar a glória para nós, ainda que seja para parecermos humildes. A ação sobrenatural de Deus operada em nós produz mudanças sinceras e profundas. As Escrituras Sagradas nos ensinam a dar a glória a Deus, a valorizar o próximo e a reconhecer o que o bem que fazemos é obra do Senhor e não nossa. A minha oração é que nós possamos aprender com João Batista o caminho da humildade, a majestade de Cristo sobre as nossas vidas e sempre com a consciência de que “É necessário que ele cresça e que eu diminua.”

 

n’Ele, hoje e sempre!

Um comentário para “Que Ele cresça!”

  1. Luciane disse:

    É verdade amiga, e como é difícil diminuir e reduzir nossos anseios e vontades e deixar a vontade dele crescer de tal forma que nos preencha a ponto de que tudo seja para sua glória

Deixe um Comentário

logo
logo